terça-feira, 30 de abril de 2013

O CHAMADO DE DEUS


TEXTO: João 15:16-19  
“16 Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda. 17 Isto vos mando: que vos ameis uns aos outros. 18 Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim. 19  Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu; como, todavia, não sois do mundo, pelo contrário, dele vos escolhi, por isso, o mundo vos odeia.”
Deus tem um chamado em nossa vida porem é necessário obedece-lo totalmente. Mas muita das vezes não é o que ocorre na vida das pessoas. Deus determina ou nos manda fazer algo e fazemos totalmente diferente. Nos manda a fazer sua obra, sua vontade e ganharmos vidas porem deixamos tudo para o amanhã.
A palavra de Deus diz em João 15:16 "Não foi vós que me escolhestes a Deus mas sim Deus que nos escolheu, para se afirmar e darmos FRUTO".
Tudo que pedimos a Deus Ele nos concede, porquanto estamos fazendo a vontade de Deus.
1-   MATEUS 28:19-20
"Portanto ide ensinai todas as coisas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo. Ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho mandado .E eis que eu estou convosco todos os dias até à consumação do século Amém".
Muitas pessoas acham difícil de fazer a vontade de Deus, de tudo àquilo que Ele nos manda fazer. Colocamos barreiras, circunstâncias pra não fazer a vontade do Pai.
2-    MARCOS 16:15-18
"Ide por todo o mundo pregai o evangelho a toda criatura. 16-Quem crer e for batizado será salvo: quem, porém não crer será condenado. 17- Estes sinais seguirão aos que crêem: em seu nome, expulsarão demônios; de modo falarão novas línguas; pegarão em serpentes e se beberem alguma coisa mortífera não lhes fará dano algum; se impuserem as mão sobre os enfermos ,eles ficarão curados".
Precisamos entender que o Espírito Santo é que nos conduz a fazermos a vontade de Deus. Precisamos fazer por amor da obra, não por interesse as bênçãos de Deus.
3-    ATOS 18:9-10
"E disse o Senhor, em visão,a Paulo : Não temas;ma eu sou contigo, e ninguém lançara mão de ti pra te fazer mal,pois tenho muito povo nesta cidade". Esta cidade é nossa! Recanto dos Humildes simbologicamente é a Cidade que Deus preparou pra conquistarmos! Então vamos fazer a vontade de Deus.

Compartilhando a Palavra
1.            Você tem tido convicção do chamado de Deus para a sua vida?
2.            Você tem aceitado o chamado de Deus em sua vida?
3.            A obediência é uma das características do chamado de Deus, Você tem obedecido a Ele?

sexta-feira, 26 de abril de 2013

ALIANÇA DE MILAGRES



Vem ai a segunda etapa da nossa Campanha do primeiro semestre, apartir do dia 6 de maio, será um tempo para sermos benção na vida de outros que estão passando por momentos difíceis em suas vidas, como: problema na família  separações, desemprego, insonia, depressão, medo, vícios, dividas, doenças incuráveis, etc…
O propósito desta campanha é orar em prol de um pedido especial, orar em prol de um milagre…  Nos reunimos, trocamos algumas idéias sobre fé e oramos!
Mas porque orar junto? A oração em concordância tem mais poder!
Enfim… todos estão convidados!
Entenda um pouco mais desta campanha!!!
ENTENDA O QUE É ALIANÇA DE MILAGRES
1.- EM QUE CONSISTE A ESTRATÉGIA – Vamos explicar a cada discípulo das nossas células o valor de aceitar o desafio de abençoar alguém que tenha um problema em sua vida, anunciando-lhe o evangelho da salvação. O primeiro passo, será buscar pessoas que ainda não tenham uma experiência com Jesus ou, que estejam desviadas, e que tenham uma dificuldade assumida (enfermidades, conflitos, divisão na família, dificuldades financeiras, etc. (não devemos propor a aliança para membros ou freqüentadores de outras igrejas evangélicas). Ao encontrar esta pessoa, o crente vai propor-lhe entrar numa aliança de dez semanas de oração por um milagre em sua vida, oferecendo-se a, durante DEZ SEMANAS, orar DIARIAMENTE por aquela causa. A condição é que a pessoa aceite entrar nessa aliança e se disponha a participar de uma reunião UMA VEZ POR SEMANA para orarem juntos e compartilhar um pouco sobre o motivo da oração. Ela deve também aceitar usar uma fita no braço como sinal e lembrete da aliança. A cada visita, levaremos uma breve palavra evangelística e de consolidação à pessoa, oraremos por ela e trocaremos a fita por outra, até que se complete o prazo do compromisso.
1. A visita semanal – Este encontro semanal é a chave. Por isso devemos ser ABSOLUTAMENTE FIÉIS em termos de horário e propósito. O local escolhido deve ser estratégico, ou seja, deve ser conveniente para o não convertido e deve proporcionar liberdade para um breve repartir da palavra e oração. Se for na casa da pessoa, melhor ainda, pois toda a família pode ser alcançada. Nada impede que uma família toda ou várias pessoas entrem na mesma aliança de oração. Bem, a cada visita, o crente terá um assunto simples a compartilhar, de maneira informal e descontraída. Publicaremos esta série de dez ministrações em folhas impressas com cores apropriadas e também no nosso site (www.cql12.com.br). Assim elas estarão disponíveis a toda a igreja. Esta reunião não deve demorar mais que uma hora (a não ser que a própria pessoa evangelizada demonstre claramente querer investir mais tempo).
2. O sinal da aliança – Usaremos uma fita como sinal da aliança. É um ato profético, além de um argumento para comprometer a pessoa e lembrar-nos do nosso papel. Serão dez fitas, cada uma com uma palavra ou frase escrita sobre um tema diferente e com textos em cores diferentes (justamente o tema que será compartilhado na visita). A cada visita, após compartilhar brevemente aquele assunto, o crente trocará a fita no seu braço e no braço da outra pessoa. Isso significa que eles estão avançando na aliança.
3. O processo de evangelismo e consolidação – Você verá que os temas das ministrações serão progressivos e levarão a pessoa a uma entrega de sua vida a Cristo, a visitar a célula e finalmente ao Encontro com Deus. Os temas, pela ordem, são: 1) Aliança com Deus, 2) Fé, 3) A Chave da Benção, 4) Removendo Obstáculos, 5) Entrega, 6) O Poder da Concordância, 7) Perseverança, 8) Conquista, 9) Nova Direção, 10) Nova Vida. Na sexta ministração, a pessoa será convidada a acompanhar-nos à célula, para que outros juntos concordem com o milagre. Nas duas últimas ela será preparada para o Encontro (onde será cortada a última fita).
2. O PROPÓSITO DA ESTRATÉGIA – Nosso alvo com esta estratégia é, em primeiro lugar, abençoar as pessoas, manifestando a elas o amor de Deus. Em segundo lugar, queremos conduzi-las a um encontro transformador com Cristo. Por isso, é importante que todo o processo seja regado com muita oração. Os milagres precisam acontecer! A conseqüência final disso será a conversão de muitas vidas e a abertura de novas células. Aqueles que estiverem em “aliança de milagres” com várias pessoas ao mesmo tempo, podem trabalhar abrindo com elas “célula-embrião”, onde sejam ministradas em grupo.
3. O RESPALDO DA ESTRATÉGIA – Claro que precisamos ter um forte respaldo para que os milagres aconteçam e a colheita seja abundante:
- Torre de Oração – Temos que fortalecer a Torre de Oração, ampliando o número de atalaias e colocando como prioridade a intercessão pelas vidas que estiverem em “alianças de milagres”. Gente orando 24 horas por dia por isto!
- Ambiente preparado na célula – Como as pessoas serão desafiadas no processo a irem à célula, é importante que esta esteja pronta para acolhê-las com carinho e interesse. Quando um visitante chegar com a “fitinha” no braço, deve ser cercado pela atenção de todos e deve haver um período de intensa oração pelo seu desafio. Afinal, ele estará ali por causa do “poder da concordância” que lhe foi ensinado.
O Encontro com Deus –  Uma fita especial deve ser dada no Encontro.
O GERENCIAMENTO DA ESTRATÉGIA – Todo o gerenciamento da estratégia será feito pelos líderes de células e seus discipuladores. Como precisaremos fazer milhares de fitas e isso custa dinheiro, não queremos que haja desperdício. Assim, cada líder receberá uma quantidade de fitas compatível com o tamanho de sua célula e irá distribuindo de dois em dois pares, à medida que seus discípulos avancem em suas “alianças de milagre”. Também será através das células o controle da consolidação dessas pessoas e de quantos estão aptos para o Encontro.
Segue abaixo o material que usaremos nesta campanha durante 10 semanas. É só baixar...

terça-feira, 23 de abril de 2013

OS BENEFÍCIOS DE FAZER PARTE DA FAMÍLIA DE DEUS


TEXTO: Efésios 2:19                                                                                                                   
Introdução: Deus quer uma família, e nos criou para ser parte dela. Esse é o segundo propósito de Deus para nossa vida, o qual planejou antes que nós nascêssemos.
Quando colocamos nossa fé em Cristo, Deus se torna nosso Pai, nós nos tornamos seus filhos e os outros crentes se tornam nossos irmãos e irmãs; e a igreja se torna nossa família espiritual. Cada ser humano foi criado por Deus, mas nem todos são filhos de Deus. A única forma de entrar na família de Deus é nascendo novamente dentro dela. Nós nos tornamos parte de uma família humana em nosso primeiro nascimento, mas nos tornamos membro da família de Deus pelo segundo nascimento. Deus nos deu o privilégio de nascermos de novo, de modo que agora somos membros da família do próprio Deus.
O convite para sermos parte da família de Deus é universal, mas há uma condição: a fé em Jesus.
1 - NA FAMÍLIA DE DEUS MANTEMOS O FERVOR ESPIRITUAL: No momento em que nascemos espiritualmente na família de Deus, recebemos alguns presentes espantosos: o nome da família, a aparência da família, os privilégios da família, o acesso à intimidade da família e a herança da família! A Bíblia diz: Por ser filho, Deus também nos tornou herdeiros. Podemos ter garantia que por mais que nós sejamos um adorador do Senhor jamais conseguiremos adorar tão profundamente sozinhos do que quando estivermos junto dos irmãos.
Não é difícil imaginar o que acontece com uma brasa sozinha, fora do braseiro. Nós podemos perceber que cada vez que nos reunimos estamos nos aquecendo mutuamente. Só de encontrar um irmão e ganhar um abraço, o nosso espírito já é aquecido.
2 - NA FAMÍLIA DE DEUS RECEBEMOS BÊNÇÃOS ESPIRITUAIS (Mt. 18:20): A unção que se manifesta na comunhão é maior do que a unção individual. Se nós juntamos a nossa unção um com o outro temos uma unção maior, então imaginemos o que acontece quando uma multidão resolve ministrar a Deus. A unção é poderosa ali. Evidentemente Deus nos ouve em nosso quarto e podemos experimentar unção sozinho em oração, mas a unção na congregação é maior, por isso sua experiência pode ser mais intensa.
No decorrer dos anos temos aprendido que existe uma graça que é liberada sobre nós individualmente, mas há outro nível de graça e desfrute que somente podemos receber quando estamos reunidos com os irmãos. É a graça coletiva.
3 - NA FAMÍLIA DE DEUS SOMOS PROTEGIDOS ESPIRITUALMENTE (Ec. 4:9-12): A Igreja é que nos fornece uma cobertura para a nossa vida espiritual aonde os irmãos oram uns pelos outros, pessoas irão nos discipular e nos proteger nos momentos de fraquezas e dificuldades que passamos em meio a nossa caminhada cristã, por isso nunca podemos querer levar a vida cristã solitária.
A comunhão da Igreja é segurança espiritual para você. Por meio dela, seu fogo é mantido e suas batalhas são vencidas. Aprendemos em Eclesiastes que o cordão de três dobras não se rompe facilmente.
4 - NA FAMÍLIA DE DEUS DESFRUTAMOS DA COMUNHÃO COM OUTROS FILHOS (I Co. 12:27): Um dos nomes dados pelo Senhor a igreja, é o Corpo de Cristo, constituindo-se Ele como "cabeça do mesmo", "como também Cristo é a cabeça da igreja" Efésios 5:23. Deus está mostrando o valor de cada membro e sua importância, pois ao ser parte do corpo, ninguém sobra ou fica sem utilidade, pelo contrario, todos são necessários e ajudam-se mutuamente.
Para aprender a ter comunhão e formar laços de amizade é preciso vincular-se as atividades da igreja, pois somente ir aos cultos ou reuniões congregacionais não é suficiente. Devemos buscar tempo para compartilhar, podemos sair juntos para comer, falar ao telefone, visitar-nos mutuamente e participar das diferentes atividades da igreja, como os encontros, a escola de ministério ou vinculando-nos a um ministério que nos permita explorar os talentos que Deus nos deu.
5 - NA FAMÍLIA DE DEUS APRENDEMOS COM OS IRMÃOS MAIS MADUROS (Ef. 4:12): A Igreja permite que os diferentes ministérios se desenvolvam. Para tal podemos contar com pessoas com um desenvolvimento espiritual mais elevado que o nosso, com uma maior experiência em seu caminhar com Cristo. Pessoas designadas pelos pastores que podem dar-nos um conselho sábio quando dele precisarmos. Devemos estabelecer como princípio, buscar pessoas confiáveis e guiadas por Deus quando virmos que algum pecado ou mau hábito está nos governando, que não o podemos vencer ou que é mais forte que nossa vontade.
Devemos evitar terminantemente buscar quem não conhece a Deus. Eles não possuem a sabedoria divina e podem induzir-nos a tomar decisões das quais nos arrependeremos mais tarde. (Pv. 12:5).

Compartilhando a Palavra
  1. Como está a sua vida agora que você faz parte da Família de Deus?
  2. Você tem participado das comunhões entre os irmãos e das atividades da igreja? Como tem sido?
  3. Compartilhe suas experiências com Deus em momentos reunidos com os irmãos.       
  4. BAIXAR

quarta-feira, 17 de abril de 2013

UM VIVER QUE NÃO ENTRISTECE O ESPÍRITO SANTO



Texto: Ef. 4.22-31
Introdução
Creio piamente que uma das coisas mais maravilhosas da vida cristã é de saber que o Espírito Santo de Deus habita em nós. Como verdadeiros cristãos podemos ter esta convicção que no dia da nossa conversão o Espírito Santo veio em nosso interior e nos regenerou fazendo de nós uma nova criatura.
E a boa noticia é que Ele continuará habitando em nós para sempre. Aleluia!
João 14:16 e 17 – 16 E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre;
 17 O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós.

No entanto, O Espírito Santo como uma pessoa e, portanto possuidor de intelecto, vontade e emoção Ele expresse seus desejos, suas intenções e sobretudo os seus sentimentos.
Por isso que Paulo, o apóstolo ele nos exorta para que não entristecemos nosso companheiro e consolador.
Efésios 4:30 - E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção.
O apóstolo esta dizendo que é crucial e muito importante que não entristeçamos o Espírito de Deus.
O QUE É ENTRISTECER O ESPIRITO?
- Entristecer o Espírito é desagradá-lo
- Entristecer o Espírito é dar lugar ao diabo
- Entristecer o Espírito é não seguir suas direções
- Entristecer o Espírito é ter um comportamento reprovável
- Entristecer o Espírito é cometer o pecado deliberado
- Entristecer o Espírito é ter uma nova vida e viver como o velho homem.
Fomos instruídos que já nos despojamos do velho homem e nos revestimos do novo homem.
O versículo 22 diz que, quanto ao trato passado, nos despojamos do velho homem.
Esse velho homem foi crucificado com Cristo (Rm 6:6) e sepultado no batismo (Rm 6:4).
O Espírito se entristece quando a nossa maneira de viver é do velho homem e consequentemente porque o nosso espírito esta unido com o Espírito de Deus nos entristecemos também.
Contudo, quando Ele se alegra em nosso interior, nós também nos alegramos. Por isso o segredo de vivermos uma vida alegre e feliz está em termos um viver que não entristece o Espírito Santo.

3 ATITUDES PARA NÃO ENTRISTECERMOS O ESPÍRITO
 1 – FALAR A VERDADE      
Efésios 4:25 - Por isso deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo; porque somos membros uns dos outros.
Nosso Deus é O Deus da verdade, e essa verdade é vista no viver de Jesus na terra. O viver humano de Jesus era segundo a  verdade.
A MENTIRA É UMA FACADA FATAL NOS VÍNCULOS DE COMUNHÃO
A Palavra nos orienta a falar a verdade porque somos membros uns dos outros, estamos ligados uns aos outros e por sermos membros uns dos outros a mentira é uma facada fatal nos vínculos de comunhão.
COMUNHÃO EXISTE ONDE HÃ CONFIANÇA
  A comunhão é baseada nos vínculos de confiança, todas as vezes que a mentira entra em cena a confiança desaparece e se não houver confiança, não haverá comunhão.
A RELAÇÃO ENTRE A RELIGIÃO E A FALSIDADE
 A mentira esta relacionada com a falsidade é somente de aparência exterior. Infelizmente o religiosismo esta intimamente ligada com a falsidade.
Falsidade é algo que tem aparência e não tem realidade.
Ensinamos posturas religiosas, mas não quer dizer somos realmente aquilo, quando tem aparência de algo sem a realidade.
Isso é falsidade, e a falsidade é um tipo de mentira onde o indivíduo que aparecer o que não é.
Tipos de Mentira:
1- Pessoa que tem palavra dupla - Em um momento a palavra é sim, em outro é não; quer e não quer ao mesmo tempo, dependendo das circunstâncias vai manifestar o que lhe for conveniente.
2- Pessoa que acrescenta a própria opinião a um fato,
Emitir o que se presume a respeito de um fato. Isso é mentira porque pode ser  fruto de suposição carnal.
Por suas palavras você será condenado e por suas palavras será justificado.
 EXISTE UM GRAVADOR CELESTIAL
 Não pense que o que você fala passa, pois está gravado diante de Deus. E vai chegar o dia que o Senhor vai apertar o PLAY. E tudo que não foi lavado pelo sangue vai ser publicado pelos AUTO- FALANTES celestiais. E aquilo que você falou escondido vai ser exposto para todos os ouvidos.
 Por isso já chegou a hora de você mudar isto.Isso não combina com o filho de Deus!
3- Pessoas exageradas
 Muito comum no meio evangélico, pastores exageram no número de membros, de células.
 A mentira também está ligada com o ego e o exagero é uma maneira de se mostrar, se exibir, de aparecer.
4- Pessoas que Omitem
Quanto mais verdadeiro você é, mas as pessoas irão confiar em você e serão atraídas a você.umas
Falar somente o que convém não contar a história inteira, isso também é um tipo de mentira.
O cristão precisa andar pela verdade.
2 – IRAR-SE SEM PECAR
Deus se ira e a ira pode ser santa.
Mas a maior parte das vezes é apenas carnal, uma ira que não é justa, que está associada a outras coisas.
Efésios 4:26 - Irai-vos, e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira.
É inevitável ficar nervoso e irado. Num mundo caído como este você vai ficar nervoso.
Existem 3 tipos de ira: a ira carnal  a ira santa que chamamos de indignação e a ira de Deus.
 Ef. 5.6 Ninguém vos engane com palavras vãs, porque por estas coisas vem a ira de Deus, sobre os filhos da desobediência.
O que leva alguém a ficar irado ou nervoso?
1- Você fica nervoso todas as vezes em que é frustrado
Todas as vezes que quer algo naquela hora e não acontece
Menino é assim, faz birra, grita e esperneia.
 Comece a avaliar o que te faz ficar nervoso?
Normalmente nós queremos que o mundo faça aquilo que queremos na hora que desejamos.

2- Você fica nervoso quando Falta de dinheiro.
 Há uma relação íntima entre o bolso e o estado de humor, o dinheiro vai acabando e vai piorando o estado de humor. Em alguns momentos será inevitável ficar nervoso, mas “não se ponha o sol sobre a vossa ira”.
A IMPORTANCIA DOS CASAIS RESOLVERAM ATÉ O POR DO SOL
Você que é casado não deixe questões para o outro dia, resolva TUDO no mesmo dia, nem que você vá dormir 4 horas da manhã.
O casal que deixa para o outro dia, para a outra semana, faz com que aquilo que era só uma mágoa se torne amargura, até chegar o ponto de não conseguir mais viver juntos.
Mágoa - ressentimento - amargura - lugar para o diabo - espirito santo triste
Os versículos 26 e 27 dizem: "Irai-vos e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira, nem deis lugar ao diabo".
Portanto se você ficar nervoso você tem o direito de continuar até o por do Sol.
Deus nos dá até o horário até que podemos ficar nervosos se entristecer o seu Espírito.
No Inverno somente até as 18 h. No verão um pouquinho mais, até as 19h. Como estamos no outono até as 18:30hs. Para controlá-la precisamos de muita graça. Quanto mais desfrutarmos Cristo, mais nossa ira será limitada e controlada.

3 – NENHUMA PALAVRA TORPE
Efésios 4:29 - Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem.
Torpe no original é sapros, significa uma fruta que apodreceu, ou seja, “não saia de sua boca nenhuma fruta podre, mal cheirosa, cheia de bicho”.
O alvo do Senhor é que suas palavras transmitam graça.
O que procede da nossa boca deve ser o que é bom para a edificação da igreja e de todos os santos.
Não adianta vigiar só a boca, mas precisa guardar o coração, “a boca fala do que está cheio o coração”.
O coração é a caixa d’água e a boca é a torneira.
Razões Porque as pessoas tem tanto prazer em falar das outras?
 Quando você fala de alguém está mostrando um coração invejoso.
 Todo invejoso é fofoqueiro.
Se alguém diz que é irmão e fica falando mal dos outros, Paulo nos exorta para não andar com gente assim.
Não ande com ele, não vai a casa dele e muito menos amizade com Ele.
 Se você quer ser santo, aprenda amar o seu irmão e defender quando falarem dele e não permitir que outros falem dele para você, ainda que seja verdade, não aceite falar da vida dele.
Efésios 4:29 - Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe...

O que é Palavra torpe?
1- Crítica ferina
2-Palavrões Palavrão é palavra torpe.
3- Gírias indecentes – Muitos falam e nem sabem o significado.

4- FALAR DEMAIS
Mateus 5:37 - Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; Não, não; porque o que passa disto é de procedência maligna.
Palavra torpe é tudo o que não é para edificar e possivelmente quem fala muito possivelmente falará muitas bobagens também. Pv. 10.19 Na multidão de palavras não falta pecado, mas o que modera os seus lábios é sábio.
Além disso, as palavras da nossa boca devem transmitir graça aos que as ouvem.
As palavras que edificam os outros sempre ministram graça aos ouvintes. Nossas palavras devem comunicar Deus em Cristo como desfrute, infundindo Cristo nos outros como suprimento de vida.
Não podemos entristecer o Espírito com palavras torpes. Quando entristecemos o Espírito, somos impedidos na comunhão do Corpo.

Conclusão
Não entristeça o Espírito de Deus. E entristecemos o Espírito de Deus dando lugar ao diabo.
Por isso decida hoje que não vai dar lugar mais ao diabo. Não de espaço para ele em sua vida. Não cedam sequer um milímetro nestas questões que acabamos de falar.
Não permita nenhuma mentira em sua boca.

Compartilhando a Palavra
1.A Sua vida tem agradado ao Espírito Santo ou tem o entristecido? Compartilhe.
2.Você tem vivido uma vida que agrada ao Espírito Santo? Compartilhe.
3.As palavras que tem saído da sua boca tem sido agradáveis ao Espírito Santo? Compartilhe.

terça-feira, 9 de abril de 2013

SETE FIGURAS QUE SIMBOLIZAM A IGREJA GLORIOSA


TEXTO: Ef.1:9-10                                                                                                                                  
Introdução: A igreja é o conceito mais magnífico jamais criado. Sobreviveu a abusos persistentes, terrível perseguição e foi negligenciada em larga escala. A igreja durará por toda a eternidade e, porque é o instrumento de Deus para o ministério aqui na Terra, ela é realmente a maior força na face da Terra.
HOJE COMPARTILHAREMOS SETE DESSAS FIGURAS QUE ILUSTRAM O QUE É SER IGREJA
1 – O MISTÉRIO DE DEUS: Paulo diz que a Igreja é o mistério de Deus. Em Efésios o mistério de Deus é a Igreja. A Igreja nada mais é que Cristo em nós. Isto não é uma mera ilustração, de fato a divindade veio habitar dentro da humanidade para glorificá-la. Não é que Deus colocou um pouco do seu poder em nós, ele colocou-se a si mesmo em nosso espírito humano (Cl. 1:26-27).
2 – O CORPO DE CRISTO (Ef.1:22-23): A Igreja é a Plenitude de Cristo, ou seja, a Igreja somos nós, e nós somos a expressão de Cristo. Isso significa que quando Deus quer se revelar a alguém Ele mostra Cristo através da Igreja.
O corpo é a expressão de uma pessoa. Ninguém pode conhecer alguém se não conhece o seu corpo. Esse Corpo está crescendo e sendo aperfeiçoado, não adianta ficarmos olhando os defeitos do Corpo e nos desconectar. Como igreja nós temos avançado para ser plenitude e expressão como o Senhor espera.
3 – A OBRA PRIMA DE DEUS (Ef. 2.10): Feitura no grego significa poyema que significa “obra prima”. Deus criou o céu a terra o mar e tudo o que neles há, mas só para uma Deus chamou de Obra Prima – a Igreja do Senhor Jesus.
A Obra Prima não está acabada, finalizada. E a conclusão acontecerá quando formos glorificados naquele dia que “seremos tal como Ele É”. Está chegando o dia que a glória de Deus será vista através dos filhos de Deus. A criação aguarda com muita expectativa esse dia, que esta vida que está oculta em nós vai se manifestar, naquele dia todos poderão contemplar a Obra Prima que o Espírito de Deus fez em nós, a sua Igreja.
4 – O REINO DE DEUS (Ef. 2.19): Reino aponta para as pessoas seguirem um Rei por amor. A Igreja também é o Reino e nós somos cidadãos deste Reino. O que é um cidadão? Cidadão é um morador de uma cidade de um país. Assim vemos que a igreja é o reino de Deus. O termo “concidadãos” indica um reino, pois ser concidadão refere-se a participar de certos direitos civis, e direitos civis estão sempre relacionados com uma nação ou reino. A igreja é o reino de Deus, e nós somos os cidadãos desse reino, com direitos e responsabilidades.
CARACTERÍSTICAS DO REINO (Rm. 14:17)
Justiça: Porque, Cristo Jesus nos justificou pelo seu sangue. Nós fomos justificados fé, nós somos é justo aos olhos de Deus.
Paz: Este reino é um lugar de paz. Se você não vivendo em paz você não esta vivendo a realidade do reino.
Alegria: Não vamos viver rindo o tempo todo, mas facilmente alguém tem que conseguir tirar um sorriso de você.
5 – FAMÍLIA DE DEUS (Ef. 2.19): Em nossa casa espiritual temos uma grande dispensa e ele já nos deu a chave para pegarmos tudo o que precisamos. O que significa pertencer a uma família? Significa que somos filhos. O filho tem direito á Herança. Filho tem a natureza do Pai. Filho tem a chave da dispensa. Você sente-se a vontade na casa do Pai?

6 – A NOIVA E ESPOSA DE CRISTO (Ef. 5.31-32): Esse é outro grande mistério que Paulo fala: “Um dia a divindade vai se casar com a humanidade”. Assim como o homem se torna uma só carne através do relacionamento com sua mulher, um dia Deus se tornará um com a humanidade. Como será isso? Paulo fala que é um mistério. Cristo é o noivo e a igreja é a noiva. Por isso o Senhor deixou sua glória a sua casa para desposar a sua noiva. Quando falamos da igreja como noiva, estamos falando de paixão. A principal característica de noivo (a) é sua paixão e o sentimento mais forte de quem é noivo é a vontade de casar. A pessoa apaixonada é percebida pelas pessoas, pois um apaixonado não fala de outra coisa. Quem é apaixonado geralmente é extravagante, faz qualquer coisa para agradar o seu amado (a).
7 – O EXÉRCITO DE DEUS (Ef. 6:11-12):
O texto de Daniel capítulo 10 nos ensinam algumas lições espirituais:
1). Estar nas regiões celestiais significa que estamos envolvidos numa grande batalha (Dn. 10:12-13);
2). A batalha espiritual pode atrasar as vitórias (Dn. 10:13-14);
3). A oração e o jejum é a principal arma nesta batalha;
4). Nas regiões celestiais as nossas orações são ouvidas;
5). Não precisamos temer a batalha espiritual (Dn 10:18-19);
6). Obteremos vitoria nesta batalha através da oração e perseverança.

Compartilhando a Palavra
1. Como você tem se encaixado em relação a cada uma destas figuras da igreja? Existe alguma delas que você tem dificuldades para expressar?
2.Como você tem feito para se revestir e guerrear nos lugares celestiais?
3.Qual importância de termos um grande movimento de oração em nossa igreja e células?
4.De que forma essa campanha tem afetado sua vida?
5.Compartilhe o que Deus tem feito em sua vida nesses dias de jejum e oração.